17/12/2021

COMO É O CICLO DO SONO COMPLICADO?

O bebê não dorme, acorda a noite toda, quer mamar de uma em uma hora, mãe exausta, pai cansado, rotina bagunçada e muita frustração: esse é o ciclo do SONO COMPLICADO! A primeira a ser feita é: mas por que meu bebê não dorme? Essa sim é uma ótima pergunta, e não existe uma só resposta certa. Bebês recém-nascidos, por exemplo, PRECISAM acordar para mamar, pois sentem uma necessidade maior. Já os bebês maiores acordam por inúmeros outros motivos: tem salto, tem dente, tem regressão do sono, tem angústia de separação…O sono demora a amadurecer, assim como tantas habilidades do bebê: tudo leva tempo. Um bebê precisa de rotina, de consistência, persistência, paciência e compreensão! Antes de mais nada os pais devem entender que um bebê NÃO DORME como um adulto! Ok, entendi Dra, mas ainda sim meu filho não dorme! Nesse caso é preciso enxergar muito além do sono. Veja bem: o sono é um reflexo de tudo que acontece no dia do bebê, e tem relação até mesmo hormonal. Uma vez que a rotina seja interrompida, por exemplo, que o soninho da tarde aconteça em um horário diferente ou que o bebê acorde mais tarde, o sono da noite será prejudicado. Se o bebê ficar diante de telas por muitas horas ou próximo a hora de dormir os níveis de melatonina, o hormônio responsável por conduzir o corpo ao estado de sonolência, caem e fazem o pequeno ficar desperto. Isso afeta diretamente o relógio biológico. A alimentação também tem relação: crianças que comem alimentos adocicados, pesados ou condimentados perto da hora de dormir tendem a ficar mais elétricas. Se o pequeno não gastou energia durante o dia, pode ser que de noite ainda queira brincar, correr e pular. Se ele está passando por um salto de desenvolvimento ou pico de crescimento seus sentidos estarão a toda, e o com tanto aprendizado seu cérebro estará mais ativo. Despertares noturnos podem vir a acontecer mesmo depois de meses de rotina de sono. Por isso o ciclo da maternidade complicada é esse: a mãe que não entende o pequeno, não observa os sinais ao longo do dia, não se atenta a mudanças na rotina ou no comportamento ao longo do dia, ou até na frequência das mamadas, acaba não entendendo porque seu filho não dorme! Dra. Kelly Marques Oliveira Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC) – CRM 145039 RQE 47171 | 88906

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analizar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.
Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies