11/10/2021

Toda grávida vai ter leite?

Essa é uma dúvida muito frequente entre as mães, e espero esclarecer um pouco no post de hoje, para que assim, você, profissional da saúde seja instruído, e capacitado a explicar para as mães à sua volta.

Para você conseguir passar uma informação a respeito da amamentação, é preciso que você se familiarize com o tema. Por isso, saiba que desde quando você estava no útero da sua mãe, o corpo dela já se preparava para o momento da amamentação. Pode parecer que não, mas o desenvolvimento das mamas passa por uma fase importante ainda no período embrionário e depois também durante a puberdade e, principalmente, durante a gestação e a própria fase do aleitamento.

Durante estas fases preparatórias, o corpo vai consolidando a estrutura da fábrica de leite. E, esse processo segue com o desenvolvimento das glândulas mamárias, do tecido nervoso, dos ductos lactíferos e também dos hormônios e seus receptores. No final da puberdade, as mamas possuem estruturas prontas, e então só ficam esperando pelo surgimento da gravidez para que comecem a manifestar alterações em decorrência da fisiologia hormonal e do aumento de células produtoras de leite.

Acredito que o corpo da sua mãe foi bem sucedido na tarefa de manter a gestação até o fim, portanto, é bem provável que sua mãe tenha produzido leite. Desde a segunda metade da gestação, existe a produção de colostro. Esta tarefa é basicamente hormonal e não depende de nenhuma interferência humana.

Por tanto, para uns, definir se toda grávida vai ter leite pode ser relativo, tendo em vista que não depende somente do desenvolvimento da gestação, como também do desenvolvimento dela ainda quando era embrião, da transição dela de menina para mulher, dos hábitos de estímulo da produção de leite, como tomar muita água, compressão do peito, entre outras formas.

 

No entanto, o esperado é que todas as gestantes sejam lactantes e consigam realizar o aleitamento materno de modo que o bebê tenha uma boa remoção de leite.

Afinal, nós mulheres fomos criadas para desfrutar da maternidade e usufruir da dádiva que é poder amamentar nossos filhos.

FONTE: https://pediatriadescomplicada.com.br/  Dra. Kelly Marques Oliveira

Pediatra, Alergia e Imunologia e Consultora Internacional de Amamentação (IBCLC) – CRM 145039 RQE 47171 | 88906

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analizar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo.
Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies